19 Outubro 2021
pt | en Contactos | Mapa do Site
Ambiente - Espaços Verdes
Página Inicial » Conheça os Espaços Verdes do Funchal » Hortas Urbanas
Génese e desenvolvimento Versão para impressão Enviar por E-mail

O fenómeno das hortas urbanas surgiu nos países do norte da Europa, durante a segunda metade do século XIX, como reação à diminuição dos espaços verdes na sequência da crescente industrialização e urbanização dos núcleos populacionais. Na Alemanha existem hortas urbanas desde 1864, ano em que se criou a primeira associação (Schreberverein), em Leipzig, prática que conheceu um novo incremento no rescaldo das duas grandes guerras do século XX, assumindo-se, então como um verdadeiro movimento social. Na Dinamarca, o país europeu com a maior percentagem de hortas urbanas, esta tradição remonta ao século XVIII.

Atualmente é uma prática corrente a nível internacional, caso de Los Angeles, Chicago, Londres e Sampetersburgo. Na Holanda, 33% da produção “verde” sai das grandes cidades.

Entre nós, a tradição de coexistência de espaços agrícolas no interior das cidades nunca foi completamente abandonada e Lisboa, Coimbra e Porto, entre outras cidades, têm atualmente projetos de sucesso de hortas urbanas, com especial ênfase na agricultura biológica. O Arquiteto Paisagista Gonçalo Ribeiro Telles tem sido um acérrimo defensor da prática da agricultura urbana como parte integrante do novo conceito de cidade, onde a agricultura de pequena dimensão joga um papel fundamental na redução da dependência alimentar do exterior.

 
Mapa do Site | Sugestões | Condições de utilização | Privacidade | © 2021, Municipio do Funchal Facebook | RSS