20 Outubro 2021
pt | en Contactos | Mapa do Site
Página Inicial » Newsletter
Babosa Versão para impressão Enviar por E-mail
1 O Jardim de Plantas Aromáticas e Medicinais, inaugurado no dia 5 de junho de 2000, Dia Mundial do Ambiente, é um espaço aprazível onde os visitantes podem conhecer mais de quatro dezenas de plantas medicinais, aromáticas e algumas ornamentais, oriundas dos 5 continentes.

Nos 890 m2 deste Jardim o visitante pode observar plantas como a cana-de-açúcar, o funcho, a consolda, a salva, a salsa, o aipo, diversas hortelãs, a babosa, a árvore-da-canela e uma Ginkgo biloba, originária da China e do Japão.

Com a chegada do Verão, damos a conhecer a babosa, uma planta muito conhecida de todos.

Nome científico: Aloe vera (L.) Burm. f.

Nome vulgar: Babosa

Família: Liliaceae

Origem: Arábia e nordeste de África.

Descrição: Planta herbácea, perene, com folhas lineares, suculentas, com margem dentada ou espinhosa, dispostas numa densa roseta. Flores amarelas, dispostas numa panícula.

Propriedades: cicatrizante, hidratante, antisséptica.

Usos: Cosmético.

Uso mais comum:

Cosmético – O gel das suas folhas é usado em cremes hidratantes caseiros ou na preparação de champôs, quando há comichão no couro cabeludo. Também dá bons resultados como loção solar.

Partes utilizadas: Seiva gelatinosa das folhas.

Curiosidades: Diz-se que o grande segredo para a beleza de Cleópatra, rainha do Antigo Egito, tinha a ver com o uso desta planta. Para os muçulmanos é um símbolo religioso. E, segundo a Bíblia, a babosa foi usada juntamente com mirra para embalsamar o corpo de Jesus Cristo.

Advertências: No caso de queimaduras graves, deve ser consultado um médico.

Galeria de Fotos


(Fotos de: Juan Silva /DCI)

 
Mapa do Site | Sugestões | Condições de utilização | Privacidade | © 2021, Municipio do Funchal Facebook | RSS