21 Outubro 2021
pt | en Contactos | Mapa do Site
Página Inicial » Newsletter
Gengibre Versão para impressão Enviar por E-mail
01 O Jardim de Plantas Aromáticas e Medicinais, inaugurado no dia 5 de junho de 2000, Dia Mundial do Ambiente, é um espaço aprazível onde os visitantes podem conhecer mais de quatro dezenas de plantas medicinais, aromáticas e algumas ornamentais, oriundas dos 5 continentes.

Nos 890 m2 deste Jardim o visitante pode observar plantas como a cana-de-açúcar, o funcho, a consolda, a salva, a salsa, o aipo, diversas hortelãs, a babosa, a árvore-da-canela e uma Ginkgo biloba, originária da China e do Japão.

Neste mês, damos a conhecer o gengibre, uma planta muito conhecida de todos.

Nome científico: Zingiber officinalle Roscoe    

Nome vulgar: gengibre

Família: Zingiberaceae

Origem: Ásia

Descrição: Planta perene que pode atingir mais de 1 m de altura. As folhas verde-escuras nascem a partir de um rizoma. As flores são tubulares e aromáticas, amarelo-claro e surgem em espigas eretas.

Propriedades: bactericida, depurativo, afrodisíaco, relaxante, refrescante, antissético, expetorante, analgésico.

Usos: O seu rizoma é utilizado desde a antiguidade, na medicina popular e como especiaria.

Uso mais comum:
Medicina popular – Como planta medicinal o gengibre é uma das mais antigas e populares do mundo. Na medicina tradicional chinesa, devido à sua reconhecida ação na circulação sanguínea, ele é utilizado no tratamento da disfunção erétil.

Popularmente, o chá de gengibre, feito com pedaços do rizoma fresco fervido em água, é usado no tratamento contra gripes, tosse, resfriado e até ressaca. Banhos e compressas quentes de gengibre são indicados no alívio dos sintomas de gota, artrite, dores de cabeça, coluna; diminui a congestão nasal, cólicas menstruais e previne o cancro do intestino e ovário. Tal como o alho, o gengibre tem fama de baixar os níveis de colesterol e a pressão sanguínea.

Partes utilizadas: rizoma.

Curiosidade: O gengibre não alivia o enjoo da gravidez. O gengibre possui sabor picante, pode ser usado em pratos salgados ou doces e em diversas formas: fresco, seco, em conserva ou cristalizado. Quando utilizado fresco, o rizoma de gengibre produz melhores efeitos medicinais.

 

Galeria de Fotos

(Fotos de: Helena Encarnação e Juan Silva /DCI)

 
Mapa do Site | Sugestões | Condições de utilização | Privacidade | © 2021, Municipio do Funchal Facebook | RSS