27 Novembro 2021
pt | en Contactos | Mapa do Site
Página Inicial
A coleção de fetos Cossart Versão para impressão Enviar por E-mail
06 O Herbário do Museu de História Natural do Funchal (MADM) iniciado pelo Doutor Günther Maul, nos anos 50, consiste numa grande coleção de plantas vasculares e avasculares (na sua maioria briófitos) provenientes do arquipélago da Madeira. Para além da coleção principal, no herbário existe uma coleção histórica de fetos colhidos, no início do século XX, por Charles John Crosthwait Cossart e sua esposa.

 A família Cossart é uma das mais antigas famílias inglesas a viver na ilha da Madeira.

Segundo o livro de registo do Museu de História Natural do Funchal (MMF n.º 23152), Charles John Crosthwait Cossart (1853-1919) e sua esposa Anna Mary Farber Blandy Cossart (1851-1939) colheram 39 espécies de fetos na ilha da Madeira entre 1900 e 1930. Em 1970, o seu neto Peter Bianchi Cossart (1919-1991) ofereceu esta coleção ao Museu onde faz parte integrante do seu herbário. A coleção de fetos Cossart foi, em 1986, revista taxonomicamente pelo botânico português José Eduardo Martins Ormonde (1943-2004). Pela sua antiguidade, trata-se de uma coleção com uma grande importância histórica pois nela encontram-se exemplares únicos como é o caso da espécie Cheilanthes guanchica Bolle. Outro aspeto interessante nesta coleção diz respeito ao método, antigo e peculiar, de montagem do exemplar na folha de papel através do uso da linha e da agulha.

Em 2009 foi publicado no Boletim do Museu Municipal do Funchal, um catálogo completo desta coleção.

Bol. Mus. Mun. Funchal, 59 (324): 17-25, 2009.

Galeria de Fotos

(Fotos de: Photographia-Museu Vicentes e Helena Encarnação /DCI; Texto: Juan Silva /DCI)

 
Mapa do Site | Sugestões | Condições de utilização | Privacidade | © 2021, Municipio do Funchal Facebook | RSS