27 Outubro 2021
pt | en Contactos | Mapa do Site
Página Inicial » Newsletter
Tubarão marracho (anequim) amostrado na Estação de Biologia Marinha Versão para impressão Enviar por E-mail
00
 
No dia 2 de junho, foi amostrado na Estação um tubarão marracho capturado, por pescadores da Madeira, na Ilha de La Palma em Canárias e entregue pela Direção de Serviços de Investigação e Desenvolvimento das Pescas (DSIP).

 A amostragem biológica de um tubarão marracho, da espécie Isurus oxyrhynchus,que media 835 mm de comprimento total e pesava 3.685kg, foi realizada pela Dra. Mafalda Freitas assistida por Carolina Santos, aluna da Escola Secundária Jaime Moniz, do Curso Técnico de Gestão do Ambiente, a estagiar na Estação de Biologia Marinha do Funchal.

Na amostragem biológica do Isurus oxyrhynchus foram retiradas fotografias do exemplar fresco e a identificação foi feita com recurso a livros da especialidade. Foram registadas várias medidas e retiradas 3 amostras de tecido para posteriores estudos de genética e pele, muito útil na identificação de diferentes espécies de tubarões.

O marracho Isurus oxyrhynchus é uma espécie de tubarão oceânica, pelágica que ocorre desde a superfície até aos 600 m de profundidade. É dos peixes mais rápidos do oceano e um grande predador que pode alimentar-se de pequenos crustáceos, outros tubarões e pequenos cetáceos.

É cosmopolita, habitando mares temperados e tropicais, entre os 50ºN (60ºN no Atlântico Norte) e 50ºS.

São vivíparos, com 4 a 25 descendentes em cada nascimento. A gestação dura entre 15 a 18 meses e estima-se que viva até os 29-32 Anos. Atinge os 4 m de comprimento.

 

Galeria de Fotos

 

 

 

(Fotos de: Flávio Martins /DCRN; Texto de: Mafalda Freitas /DCRN)

 

 

 
Mapa do Site | Sugestões | Condições de utilização | Privacidade | © 2021, Municipio do Funchal Facebook | RSS