18 Outubro 2021
pt | en Contactos | Mapa do Site
Página Inicial » Newsletter
Um bom início de verão na Estação de Biologia Marinha Versão para impressão Enviar por E-mail
04  A Estação de Biologia Marinha do Funchal recebeu uma grande variedade de Escolas e instituições de toda a Região neste mês, que constituiu a melhor época de visitas de estudo à Estação desde a sua inauguração.

No mês de junho a Estação recebeu as Escolas Básicas e Secundárias Gonçalves Zarco e Prof. Dr. Francisco de Freitas Branco, Básicas dos 2º e 3º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia, dos Louros, de Marinhais e da Torre, Básicas dos 1º, 2º e 3º Ciclos com Pré-Escolar Bartolomeu Perestrelo, e a Casa de Abrigo do Centro Social e Paroquial de Santo António em visitas guiadas pelos laboratórios e Cais do Carvão, onde os visitantes de todas as idades demonstraram curiosidade em saber o que se faz na Estação e quais as espécies marinhas que existem nos mares da Madeira.

As atividades iniciaram-se com palestras e vídeos sobre a biodiversidade marinha da Madeira, ações e projetos  desenvolvidos pela Estação, seguidas da visita guiada às instalações, à Biblioteca Professor Luiz Saldanha , laboratórios de taxonomia, húmido, da Universidade da Madeira e sala das coleções marinhas do Museu de História Natural do Funchal.

A atividade escolhida para este mês foi a ação de sensibilização sobre pesca desportiva no Cais do Carvão, subordinada ao tema Litoral da Madeira. Através da técnica de pesca à boia com cana, os jovens visitantes capturaram exemplares de peixe-verde (Thalassoma pavo), castanheta-preta (Abudefduf luridus), rocaz (Scorpaena maderensis), sapinho (Sphoeroides marmoratus), porquinho (Canthigaster rostrata), facaio (Trachinotus ovatus), seifia (Diplodus vulgaris), bodião (Sparisoma cretense), velha (Gobius paganellus) e dobrada (Oblada melanura), sendo as 4 primeiras espécies as mais capturadas. Os peixes foram de imediato devolvidos ao mar após a sua captura.

Só como curiosidade, 3 alunas da Escola Francisco de Freitas Branco, do Porto Santo, capturaram 11 exemplares de peixe-verde, castanheta-preta, rocaz, sapinho, porquinho e bodião.  

Quando possível, no decorrer das visitas, também tiveram a oportunidade de observar e tocar em exemplares vivos de estrela-do-mar-vermelha (Ophidiaster ophidianus), estrela-do-mar-azul (Coscinasterias tenuispina) e ouriço-do-mar-negro (Arbacia lixula), capturados na Baía do Cais do Carvão.

 

Galeria de Fotos

 

 

(Fotos e Texto de: Luisa Costa /DCRN)

 
Mapa do Site | Sugestões | Condições de utilização | Privacidade | © 2021, Municipio do Funchal Facebook | RSS